Viajante profissional, Didi Wagner conta como é seu trabalho no “Lugar Incomum”

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2014 11h45
Didi Wagner no Morning Show

Quem assiste ao “Lugar Incomum”, programa da Didi Wagner no canal Multishow, pode pensar que tudo sai naturalmente. No entanto, em entrevista ao Morning Show, a apresentadora falou do trabalho que dá fazer programas de viagem.

“Eu acho muito bacana que as pessoas tenham a impressão de que a gente sai gravando e descobrindo as peculiaridades de cada cidade (…) Mas, na verdade,  a gente faz uma pesquisa, a gente tem uma curadoria para mostrar o incomum mas também as coisas muito marcandtes da cidade; sempre com ajuda de locais”.

Apesar de toda a produção, a partir do momento que a câmera está ligada, Didi tem que improvisar. “Você não pode chegar num lugar e sair gravando, mas tudo que acontece é de improviso e de acordo com a situação”, conta.

A nova temporada do programa se passa em Tóquio, o “lugar mais incomum” em que Didi já esteve a trabalho. “Eu queria morar lá!”, contou a loira. O programa inclusive começou porque a apresentadora ia morar em Nova Iorque.  “Outras vezes é o canal que recebe um projeto e fala “esse tem a cara da Didi”, explica.

Mãe de Laura, Luiza e Julia (com 12, 8 e 5 anos, respectivamente), ela fala sobre como conciliar a vida de viajante com a de chefe de família. Além de contar com a ajuda do marido, a bela tem o cuidado de não ficar mais de duas semanas fora de casa.

E não é por que viaja tanto que Didi gasta todo o dinheiro no Free Shop. “Quando eu viajo a trabalho não dá tempo [de fazer compras]. O que eu gosto de comprar em viagem é presente pra quem está em casa.” No entanto, ela não gosta de receber pedidos. “Como eu sou muito bravona, nem quando eu morava em nova Iorque me faziam encomenda”.

Ouça a íntegra da entrevista de Didi Wagner!