Vampeta: ‘O futebol é mais corrupto que a política’

Vampeta foi o convidado do Pânico nesta terça-feira (17)

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2020 13h49
Jovem PanVampeta foi o convidado do Pânico nesta terça-feira (17)

O comentarista da Jovem Pan Vampeta comentou, em entrevista ao Pânico nesta terça-feira (17), a corrupção no futebol. “O futebol é mais corrupto que a política”, disse.

O ex-jogador contou que nunca recebeu dinheiro para perder um jogo, mas já foi pago por outros times para vencer uma partida. “Futebol é esporte, mas é sujo”, lamentou.

Vampeta lembrou do ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, que chegou a ser preso por corrupção. Antes de comandar o clube espanhol, Rosell era representante de uma patrocinadora do Corinthians quando Vampeta jogava pelo Timão. “O presidente do Barcelona me entregava chuteira no Corinthians, de repente virou presidente do Barcelona”, contou, dizendo que o espanhol só virou mandatário de um dos maiores clubes do mundo porque era envolvido nos esquemas escusos.

Caso Ronaldinho

Também na entrevista, Vampeta falou sobre a prisão de Ronaldinho Gaúcho, no Paraguai, após apresentar um passaporte falso na entrada no país. Eles jogaram juntos na Copa do Mundo de 2002, quando o Brasil foi pentacampeão.

O comentarista disse estar chateado com a situação, mas afirmou que a história está mal contada. “Ele [Ronaldinho] deve ser um dos 50 rostos mais conhecidos do futebol. A gente lamenta, mas tem gato no saco”, afirmou Vampeta.