‘STF acha que é intocável’, diz humorista alvo da Polícia Federal

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2020 14h24
DivulgaçãoO humorista Rey Biannchi participou do Pânico nesta quinta-feira (28)

O humorista Rey Biannchi, um dos alvos da operação da Polícia Federal sobre a disseminação de fake news nesta quarta-feira (27), disse, em entrevista ao Pânico nesta quinta-feira (28), que é favorável à dissolução do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Eles [ministros do Supremo] acham que são intocáveis, você não pode criticar”, disse o comediante. A operação da PF aconteceu no âmbito do inquérito das fake news aberto pelo STF.

“Eles acham que estão acima do bem e do mal, querem tolher a liberdade de expressão, comandar o presidente e o que você fala”, continuou Biannchi. “Sou favorável à dissolução do STF”, afirmou, dizendo que os ministros foram indicados por presidentes que tiveram problemas no cargo.

Além de Biannchi, a operação de ontem teve outros 28 alvos, incluindo empresários, parlamentares e blogueiros. “Fui o único pobre no meio dos 29 indiciados”, brincou.

O humorista disse que vai à Justiça defender seus direitos e continuou criticando a atuação do STF. “Os caras têm capinha que a gente paga com nosso imposto”, afirmou Rey Biannchi.