Doria: Meta é chegar ao fim do Fórum Econômico Mundial com R$ 40 bi em investimentos

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2020 08h17
Governo de SPGovernador de São Paulo, João Doria angaria investimentos para o Estado em Davos

O governador de São Paulo, João Doria, viajou até o Fórum Econômico Mundial em Davos para buscar investidores estrangeiros para o Estado.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã desta terça-feira (21), ele afirmou que está é uma oportunidade ímpar para apresentar São Paulo como uma boa opção para o mercado. Durante a semana de eventos, Doria tem mais de 30 compromissos agendados com grupos de investidores e grandes indústrias.

“Os maiores lideres mundiais estão aqui, participando do Fórum Econômico Mundial. São mais de 4 mil investidores, presidentes, dirigentes de grandes empresas e corporações dos cinco continentes. É o poder reunido nesta pequena cidade dos alpes suíços durante os cinco dias de evento”, afirmou o governador.

Doria celebrou os primeiros resultados obtidos nos encontros. “Em uma das reuniões, com o grupo RGE, da Indonésia, donos da Bracell no Brasil, tivemos a confirmação de um investimento adicional [além dos R$ 8 bi anunciados em 2019] de R$ 1 bi em Lençóis Paulista, no interior. São R$ 9 bi, o maior investimento de uma única empresa em São Paulo nos últimos 13 meses, e acredito que no Brasil também”, contou.

O bom início deixou o governador otimista. “Nossa meta é chegar a R$ 40 bi em investimentos para São Paulo nos próximos três anos. É uma meta ambiciosa, eu reconheço”, completou.

A Bracell já está em obras no interior paulista, e deve gerar mais de 7 mil empregos diretos, além dos 1.200 trabalhadores que estão empenhados na construção. Em parceria com o Grupo Accor, do setor hoteleiro, a industria de papel e celulose também se prepara para investir R$ 100 mi em um hotel na cidade, que gerará mais de 250 empregos.

Outra novidade é o investimento da Pepsico. “Estivemos com a CEO da Pepsico para a América Latina Paula Santilli, e vamos anunciar em breve o investimento poderoso de R$ 500 mi no Brasil, especificamente em São Paulo, onde eles já possuem quatro fábricas”.

Otimismo

O crescimento de 2,6% registrado pelo Estado e os posicionamentos do Ministro da Economia, Paulo Guedes, foram os fatores determinantes para tornar o mercado mais otimista, afirmou o governador,.

“Americanos, ingleses, asiáticos, investidores do médio oriente, todos olham com muita atenção o Brasil. E devo dizer, com muita atenção São Paulo. Temos um programa sólido na área econômica sob o comando do nosso secretário da Fazenda, Henrique Meirelles. O índice de crescimento econômico de 2,6% do Estado no ano passado e, obviamente, o crescimento da economia do país no último trimestre, alinhados aos posicionamentos do ministro Paulo Guedes, contribuem para a melhora da confiança e estimulam novos negócios.”

Doria ressalta também que a rapidez nos processos de aprovações ambientais, a diminuição da burocracia com a implantação de sistemas digitais na administração pública também contribuem. “Investidor gosta de ambiente onde é bem recebido”, completou.

  • Tags: