Fracassa programa da prefeitura do RJ para acolher idosos em hotéis

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2020 07h11
Leandro Ferreira/Estadão ConteúdoO acordo firmado disponibilizava, inicialmente, 400 vagas, chegando posteriormente a 4.000 vagas

Não deu certo projeto da Prefeitura do Rio de Janeiro para retirar idosos de comunidades e favelas e levar para hotéis. O órgão fez um acordo com hotéis, que estão fechados ou parcialmente parados, para abrigar estes idosos, principalmente pessoas da terceira idade com problemas de saúde.

O acordo firmado disponibilizava, inicialmente, 400 vagas, chegando posteriormente a 4.000 vagas. Entretanto, muitos idosos estão reticentes de sair da sua próxima casa ou ficarem distantes da família. Até o momento, nem 100 pessoas aderiram aos programa municipal.

Esse acordo firmado pela Prefeitura do Rio de Janeiro prevê uma diária com toda infraestrutura do hotel, café da manhã, almoço, jantar, acomodações confortáveis. A Prefeitura também disponibiliza médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais de plantão.

O processo de tentativa de convencer os idosos continua. Enquanto isso, os hotéis do Rio de Janeiro vão sofrendo com a crise da pandemia do coronavírus com mais de 65 unidades fechadas.

Existe o risco de demissão de 5.000 dos quase 40.000 trabalhadores da rede hoteleira da capital fluminense.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga