Samy Dana: Ibovespa pode ser alternativa em tempos de Selic em 5,5%

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2019 08h59
HUGO ARCE / Fotos PúblicasPara quem pensa em entrar na Bolsa de Valores, um instrumento viável é o ETF, o Extrange Trade Funds

Com as taxas de juros baixas e a Selic no menor patamar da história, muitos perguntam onde investir o dinheiro para ganhar mais. Uma opção é a Bolsa de Valores.

Para quem pensa em entrar na Bolsa de Valores, um instrumento viável é o ETF, o Extrange Trade Funds. Como ele funciona?

Ao invés de comprar ações por conta própria, você replica um índice. Um ETF famoso é o BOVA11, que replica o índice Bovespa. Essa é uma opção interessante, porque você tem uma carteira diversificada.

Diferente de um fundo ativo, você paga uma taxa de administração bem baixa, e não deixa de ter um retorno igual ao mercado – já que o Ibovespa é um índice que representa as ações mais importantes do mercado.

O Ibovespa representa 80% do volume das ações transacionadas. Então, para quem está pensando em entrar na Bolsa, vale avaliar o BOVA11.

Para isso, é preciso ter conta em alguma corretora. Em muitas delas, o investidor não precisa pagar nada nem para abrir e nem para manter – e a corretagem, o valor pago para investir, é baixíssima.