Bruno Garschagen: Brasil deve ter cuidado ao negociar com Brics

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2019 07h45
PixabayOs chefes de Estado vão debater possíveis alianças e o futuro do grupo

Jair Bolsonaro recebe nesta quarta-feira (13) os líderes da Rússia, Índia, China e África do Sul para a cúpula dos Brics em Brasília. Os chefes de Estado vão debater possíveis alianças e o futuro do grupo.

“Esse bloco é formado por países com mercado gigantesco, mas ao mesmo tempo são países que há um certo tempo tentam se reinventar geopoliticamente em suas respectivas regiões e irradiar sua influência para outros lugares, como a América Latina. Há também uma análise que China, Rússia e Irã estariam apoiando as convulsões sociais em países como o Chile.”

“Ao mesmo tempo que é importante que o Brasil tenha uma janela aberta para negociar comercio internacional, o Governo brasileiro precisa tomar muito cuidado ao estabelecer qualquer tipo de acordo para não servir de instrumento para os interesses de uma Ditadura Comunista, como é o caso da China, ou para um país imperialista, como é o caso da Rússia.”