Guaidó chega à Colômbia para reunião contra o terrorismo e encontro com Iván Duque

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2020 13h35
REUTERS/Manaure QuinteroJuan Guiadó está na Colômbia para encontro com Iván Duque

O líder da oposição na Venezuela, Juan Guaidó, reconhecido por mais de 50 países como presidente interino do país, chegou neste domingo (19) a Bogotá para se encontrar com o chefe de governo da Colômbia, Iván Duque, e participar nesta segunda da III Conferência Ministerial Hemisférica de Luta contra o Terrorismo.

“Damos as boas-vindas ao presidente venezuelano Juan Guaidó à Colômbia. Da mesma forma, o presidente Juan Guaidó participará nesta segunda-feira da Cúpula Hemisférica de Combate ao Terrorismo”, anunciou Duque no Twitter.

O chefe de governo disse que realizará uma reunião de trabalho privada com Guaidó, que é reconhecido pela Colômbia, pelos Estados Unidos, o Brasil e mais de 50 países como o presidente encarregado da Venezuela. “Já na Colômbia, sou grato ao presidente Iván Duque por seu apoio à luta do povo venezuelano”, declarou o líder oposicionista através da mesma rede social.

Nem Guaidó nem o governo colombiano relataram como ele chegou à Colômbia, já que está sujeito à proibição de sair do país pelo regime de Nicolás Maduro.

Desafiando esses vetos, o oposicionista esteve em fevereiro do ano passado em Cúcuta, capital do departamento de Norte de Santander, na fronteira com a Venezuela, de onde liderou uma tentativa fracassada de entrar em seu país com uma caravana de ajuda humanitária.

Duque e o secretário de estado americano, Mike Pompeo, também participarão da conferência, assim como outros líderes regionais. A cúpula acontecerá na Escola de Cadetes de Polícia do General Francisco de Paula Santander, onde há um ano o grupo guerrilheiro do Exército de Libertação Nacional (ELN) colocou um carro-bomba que matou 22 cadetes, entre eles um equatoriano.

A primeira conferência ministerial ocorreu em 2018, em Washington, e a segunda, no ano passado, em Buenos Aires.

*Com EFE