Criança morre após terremoto de magnitude 6,8 na Filipinas

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2019 18h45
EFE/EPA/CERILO EBRANOTerremoto aconteceu por volta de 3h11 (de Brasília) neste domingo (15)

Um terremoto de 6,8 graus na escala Richter atingiu neste domingo a ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, que vem sido atingido por vários tremores de terra nos últimos meses, e deixou pelo menos quatro mortos.

A primeira morte confirmada foi a de uma menina de apenas seis anos, que não conseguiu deixar a casa onde vivia, que desabou, na província de Davao do Sul. Outras três vítimas, na mesma região, estavam em um mercado, que desabou.

As equipes de resgate ainda trabalham, por isso, o número de mortos pode subir nas próximas horas.

O terremoto aconteceu por volta de 3h11 (de Brasília), e o epicentro foi a 9 quilômetros a oeste de Matanao e a 6 quilômetros ao noroeste de Padada, a uma profundidade de 30 quilômetros, segundo o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia.

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registrou o tremor, a principal atividade sísmica, de 6,8 graus, foi seguida por dezenas de réplicas, algumas de 5 graus.

Cidades de Davao do Sul já tinham sido alvo de três fortes tremores em outubro, todos com mais de 6 graus, além de outros de menor intensidade. Ao todo, foram 30 mortes e cerca de 600 feridos na região.

Mais de 30 mil pessoas tiveram que deixar as casas em que viviam nos últimos dois meses, segundo as autoridades locais. O Aeroporto Internacional de Davao, em Mindanao, o principal da região, sofreu danos estruturais.

*Com Agência EFE