Brics se comprometem com Acordo de Paris e pedem mais apoio

No documento, apresentado nesta quinta-feira (14), os países que compõem a cúpula pediram apoio em ações que contenham as mudanças climáticas no mundo

  • Por Jovem Pan
  • 14/11/2019 16h01
Valter Campanato/Agência BrasilOs chefes de Estado do Brics, Cyril Ramaphosa, Narendra Modi, Xi Jinping, Vladimir Putin e Jair Bolsonaro

Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, que compõem os Brics, pediram nesta quinta-feira (14) um maior apoio financeiro dos países desenvolvidos para o combate à crise climática e reafirmaram o compromisso com a implementação do Acordo de Paris.

Em declaração conjunta, os cinco países, que estão entre os mais poluentes do mundo, solicitaram aos mais desenvolvidos a “ampliação da prestação de assistência financeira, tecnológica e de capacitação aos países em desenvolvimento para apoiar ações de mitigação e adaptação” contra a mudança climática.

“Esperamos que a primeira reposição do Fundo Verde do Clima exceda significativamente, até o final de 2019, a mobilização inicial de recursos, garantindo que as contribuições financeiras dos doadores correspondam à ambição, às necessidades e às prioridades dos países em desenvolvimento”, afirmaram no documento.

Os Brics também incentivaram “os países desenvolvidos a implementar totalmente seus compromissos de Assistência Oficial ao Desenvolvimento e a fornecer recursos adicionais” no campo da sustentabilidade às economias emergentes.

Os presidentes de Brasil, Jair Bolsonaro; Rússia, Vladimir Putin; China, Xi Jinping; e África do Sul, Cyril Ramaphosa; além do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, assinaram a declaração nesta quinta, na XI Cúpula dos Brics, realizada em Brasília.

No documento, os países expressaram o “compromisso com o desenvolvimento sustentável” em suas três dimensões – econômica, social e ambiental – de maneira “equilibrada e integrada”, lembrando que a cooperação internacional, neste e em outros âmbitos, “deve respeitar a soberania nacional”.

“Todos os nossos cidadãos, em todas as partes de nossos respectivos territórios, incluindo áreas remotas, merecem desfrutar plenamente os benefícios do desenvolvimento sustentável”, declararam.

Os Brics também destacaram a importância da implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, “pediram esforços redobrados para a sua oportuna implementação” e ratificaram o compromisso com o Acordo de Paris.

“Também estamos comprometidos em trabalhar pelo êxito da COP 25 (que será realizada em Madri, em dezembro), particularmente no que se refere à obtenção de um resultado amplo e equilibrado sobre os pontos restantes do Programa de Trabalho do Acordo de Paris”, ressaltaram os cinco países.

*Com informações da EFE