Coronavírus: Japão pode liberar pacote econômico de US$ 503 bilhões

A iniciativa incluirá pagamentos em dinheiro para famílias que perderam sua renda devido à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2020 10h37
EFE/EPA/KIMIMASA MAYAMAO estímulo econômico colocaria o Japão em linha com as intervenções de outros grandes países desenvolvidos

O governo do Japão pretende liberar um pacote de estímulo fiscal – que vale aproximadamente 10% da produção econômica anual – para combater o impacto do surto de coronavírus, informou o jornal Nikkei nesta quarta-feira (25).

O pacote, que vale mais de 56 trilhões de ienes (US$ 503 bilhões) incluirá pagamentos em dinheiro para famílias que viram sua renda cair devido à pandemia, disse o jornal.

O estímulo econômico colocaria o Japão em linha com as intervenções de outros grandes países desenvolvidos para conter o choque da crise da saúde que fechou lojas e escritórios, isolou populações e levou as cadeias de suprimentos perto do ponto de ruptura.

Os pagamentos em dinheiro podem começar já em maio, com o governo considerando oferecer a cada família até 300 mil ienes.

Proibições de viagens em todo o mundo e cancelamentos de eventos, incluindo a Olimpíada de Tóquio, aplicaram tensões adicionais sobre a economia do Japão, que já estava à beira da recessão.

Enquanto o governo almeja grandes gastos, o Banco do Japão também está pronto para expandir o estímulo pelo segundo mês consecutivo em abril, se a pandemia levar a cortes de empregos e gastos de capital grandes o suficiente para prejudicar as perspectivas de recuperação econômica, dizem fontes.

*Com informações da Agência Brasil