Após reunião do Mercosul, Bolsonaro diz que governo deu ‘mais um passo’ para acordo com a UE

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2019 19h38
Valter Campanato/Agência Brasil O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou o trajeto até o estádio do Maracanã, onde assistiria à partida entre Flamengo e Avaí na noite desta quinta-feira (5), para fazer a sua tradicional transmissão ao vivo. Bolsonaro disse que havia acabado de chegar da reunião do Mercosul e que o governo deu “mais um passo” para a concretização do acordo com a União Europeia.

“Existe pressa de cada país para aprovar esse acordo o mais rápido possível. Vai demorar ainda, talvez até o final desse ano ou do ano que vem, mas vamos implementar”, garantiu.

A Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul aconteceu durante o dia em Bento Gonçalves, no interior gaúcho. Estavam presentes os presidentes da Argentina, Mauricio Macri — o presidente eleito Alberto Fernández vai assumir somente no dia 10 de dezembro –, e do Paraguai, Mario Abdo Benítez, além da vice-presidente uruguaia, Lucía Topolansky.

Para Bolsonaro, esse acordo com a UE “vai ser bom para os quatro” países da América Latina, que “vão poder usufruir desse comércio” com o bloco europeu.

O presidente ainda respondeu as críticas que vem recebendo em razão do aumento do preço da carne, que apresentou alta em 17 capitais brasileiras pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em novembro.

“É natural. Assim como vendemos, também compramos. Não tenho como tabelar o preço, essa política não deu certo no Brasil e eu não vou fazer tabelamento. Vai subir o preço, outras pessoas vão produzir, vai ter oferta num futuro próximo e os preços vão cair. É a lei da oferta e da procura”, afirmou.