Minas Gerais não vai pagar 13° salário para servidores

  • Por Jovem Pan
  • 29/12/2018 11h15
Agência BrasilPor meio de nota, o governo de Fernando Pimentel (PT) informou que os vencimentos serão quitados somente em 2019

O estado de Minas Gerais não vai pagar o 13° salário aos servidores. Por meio de nota, o governo informou que os vencimentos serão quitados somente em 2019.

“Foi aguardado até o último momento um crédito de R$ 200 milhões, por parte do Governo Federal, referente à compensação financeira da perda de receita decorrente da desoneração de ICMS sobre exportações de bens e da concessão de créditos nas operações anteriores, aprovada no Congresso Nacional”, diz o texto.

O Executivo ainda aponta outra perda de recursos com o leilão da securitização das dívidas, que não obteve oferta com o desconto permitido, deixando de arrecadar cerca de R$ 500 milhões.

Minas Gerais passa por uma séria crise fiscal e já parcela os salários do funcionalismo desde fevereiro de 2016. Esse é o estado brasileiro com a receita líquida mais comprometida, de 80%, para pagamento da folha, de 609 mil servidores.

A decisão é o desgaste final do governo de Fernando Pimentel (PT), que perdeu a reeleição e nem chegou ao segundo turno, com a vitória do empresário Romeu Zema (Novo).

*Com informações do repórter Marcelo Mattos