Presidente da FIA Jean Todt visita hospital onde Michael Schumacher está internado

  • Por Agência EFE
  • 02/01/2014 13h40

Jean Todt foi chefe de Schumacher na época de ouro da Ferrari

Jean Todt visita Schumacher no hospital

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, visitou nesta quinta-feira o hospital de Grenoble, na França, onde está internado seu ex-comandado na Ferrari, o heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher.

O dirigente já havia estado na unidade na última terça-feira. A visita de hoje acontece um dia antes do aniversário do ex-piloto, que completará 45 anos.

Segundo o último boletim médico oficial, Schumacher, que está em coma induzido, foi submetido a duas neurocirurgias, e está em estado crítico, apesar de ter apresentado “ligeira melhora”.

O ex-piloto está internado desde o último domingo, quando sofreu queda esquiando, e bateu a cabeça em uma pedra, sofrendo traumatismo craniano. Novos boletins da equipe que cuida de Schumi só divulgarão atualizações caso haja alteração em seu estado de saúde.

Estão acompanhando de perto o alemão, sua mulher Corinna, os dois filhos do casal, Gina, de 16 anos, e Mick, de 14, e seu irmão, o também ex-piloto Ralf Schumacher, além de sua agente e porta-voz Sabine Kehm.