Renan Lodi e Coutinho brilham, Brasil bate a Coreia do Sul e vence após 5 jogos

  • Por Jovem Pan
  • 19/11/2019 12h21
Reprodução/CBFCoutinho marcou de falta para a seleção brasileira no duelo diante da Coreia do Sul

A seleção brasileira demonstrou um futebol convincente ao bater a Coreia do Sul por 3 a 0, nesta terça-feira (19), no Estádio Mohammed Bin Zayed, localizado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Lucas Paquetá, Coutinho e Danilo marcaram os gols do confronto.

O Brasil dominou a partida do começo ao fim e contou, principalmente, com excelente atuação de Renan Lodi, melhor jogador da partida e autor de duas assistências. Coutinho, que retornou ao time titular, foi outra peça importante.

Com o resultado, a seleção brasileira volta a vencer após cinco jogos. A equipe comandada por Tite vinha de derrotas para Peru e Argentina, além de empates com Colômbia, Senegal e Nigéria.

O caminho é pela esquerda

O Brasil dominou as ações ofensivas no primeiro tempo usando e abusando de seu lado esquerdo. Com Renan Lodi assumindo a titularidade e o protagonismo do time, a seleção explorou bem as jogada pelas beiradas. Coutinho, utilizado também pelo setor, foi bem e deu suporte ao lado. Desta forma, logo aos 8 minutos, a dupla fez boa jogada combinada até Lodi cruzar para Lucas Paquetá, que completou de peixinho para marcar.

A Coreia do Sul tentou responder duas vezes com Son, jogador do Tottenham e estrela do time. O camisa 7, entretanto, parou em Alisson e chutou tirando tinta da trave nas únicas chances dos asiáticos na etapa inicial.

Com mais posse de bola, a “Canarinho” ampliou aos 35 minutos em bela finalização de Philippe Coutinho. O meio-campista acertou bela cobrança de falta, de maneira indefensável, quebrando o jejum de 72 partidas sem marcar neste estilo.

Brasil mantém pegada e liquida a partida

Na volta do intervalo, os coreanos até esboçaram uma reação, adiantando suas linhas e tentando pressionar a saída de bola. A seleção brasileira, no entanto, rapidamente retomou o controle da partida e “matou” o adversário aos 14 minutos com um golaço.

Em bela jogada tramada pela esquerda, Coutinho tocou para Richarlison, que entregou par Renan Lodi. Inspirado, o lado cruzou rasteiro, na medida para Danilo, que encheu o pé e contou com ajuda do goleiro para balançar a rede.

Na sequência, Richarlison e Gabriel Jesus também tiveram oportunidades de fazer o quarto. O atacante do City acabou batendo de canhota ao lado do gol, enquanto o atleta do Everton finalizou por cima e errou cavadinha em duas chances claras.

Já nos minutos finais, a Coreia do Sul incomodou em busca do “gol de honra” com Son e Su, mas ambos pararam em intervenções de Alisson.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 3 X 0 COREIA DO SUL

Brasil: Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Renan Lodi (Emerson); Fabinho, Arthur (Douglas Luiz) e Lucas Paquetá (Roberto Firmino); Philippe Coutinho, Gabriel Jesus (Rodrygo) e Richarlison.

Treinador: Tite.

Coreia do Sul: Jo Hyeon-Woo, Kim Moon-Hwan, Kim Min-Jae, Kim Young-Gwon e Kim Jin-Su; Jung Woo-Young, Ju Se-Jong (Hwang Inbeom) e Lee Jae-Sung (Kwon Chang-Hoon); Hwang Hee-Chan (Na Sang-Ho), Son Heung-Min e Hwang Ui-Jo.

Treinador: Paulo Bento.

Gols: Lucas Paquetá (aos 8 minutos do 1º tempo), Philippe Coutinho (aos 35 minutos do 1º tempo) e Danilo (aos 14 minutos do 2º tempo).

Cartão amarelo: Hwang Hee-Chan (Coreia do Sul)