Roberto Bolaños, criador de ‘Chaves’, ganha homenagem do Google

Roberto Bolaños completaria 91 anos de idade nesta sexta-feira (21)

  • Por Jovem Pan
  • 21/02/2020 15h48
Reprodução/TelevisaRoberto Bolaños completaria 91 anos de idade nesta sexta-feira (21)

Se estivesse vivo, Roberto Gómez Bolaños completaria 91 anos nesta sexta-feira (21). Por isso, o Google decidiu fazer uma homenagem para o criador de “Chaves” e “Chapolin”.

Ao abrir a página do site de buscas, o internauta se depara com uma caricatura dele, como se estivesse saindo de um aparelho de televisão. Ao clicar no desenho, o usuário consegue ter acesso a um acervo sobre a vida e obra do artista.

Roberto Gómez Bolaños nasceu em 21 de fevereiro de 1929 na Cidade do México. Ele ficou famoso fazendo programas de rádio e TV. Entre os mexicanos, era chamado de “o pequeno Shakespeare” – surge daí o apelido Chesperito, nome que deu a um de seus mais conhecidos personagens.

“Chaves” e “Chapolin” estrearam no México nos anos 1970 e conquistaram o mundo. As séries são transmitidas em países da América Latina, Europa e Ásia.

Quem trouxe Chaves ao Brasil foi Silvio Santos. Em 1984, o dono do SBT decidiu importar o produto que, desde então, nunca mais saiu do ar – exceto em situações pontuais, mas que foram prontamente alvos de protestos de fãs de Bolaños.

Há dois anos, o canal pago Multishow, da Globo, decidiu comprar os direitos de exibição de alguns episódios de “Chaves” e “Chapolin”, produzidos pela Televisa.

Bolaños morreu em 2014, aos 85 anos de idade, e deixou seis filhos. Ele era casado com Florinda Meza, a intérprete de Dona Florinda.

*Com Estadão Conteúdo